sábado, 19 de dezembro de 2009

Hello world come and see

life SHOULD be fun for everyone



Hola muchachas,
sinto ter que dizer isso, mas não tenho nada interessante pra postar. Vejam bem, minha vida está do mesmo jeito de sempre, e o resultado disso vai ser um post tão preguiçoso quanto.
No máximo eu posso dizer que estou lendo mais livros do que o normal... pra mim. Tenho dormido menos que o normal... pra qualquer um. Tenho comido mais do que o normal... pra qualquer pessoa que entenda que comer engorda. E tenho estado entre a alegria e a tristeza... como sempre.

Nesse exato momento estou procurando fotos de globos de neve, e de flocos de neve. Não sei... acho que tenho uma paixão estranha por neve, mesmo que nunca tenha visto de verdade.

Sabem, gostei da ideia da tatuagem do coelhinho da where's fluffy. Preciso pensar num lugar pra fazer... e vocês precisam vir pra cá, contando como a próxima viagem, já que daqui eu não posso sair.

É isso, como eu disse, nada de interessante pra postar.

Vou alugar uns filmes mais tarde, talvez uns desenhos da disney, os clássicos, claro.
Se vocês nunca assistiram "Down to You", o que eu acho praticamente impossível, já que eu
assisti pelo menos umas quinhentas vezes, assistam.

Pois é, esse final de semana merece "o mar de monstros" e filmes. Nada mais.



xoxo


ps: post mais random ever + 6 dias *.*

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Fuck me, I'm a celebrity

can't take your eyes of me (8)

'E é com essa frase do traveco revolucionário rainha do club scene Jeffree Star que eu começo o programa de hoje e ' -n. É só pq eu tô ouvindo essa música agora, rs.

Vamos lá. Como é de se esperar eu não tenho feito muita coisa ultimamente..provavelmente a coisa mais empolgante de hoje foi pintar todas as minhas vinte unhas de verde esmeralda, é.
E como eu sei que N e S vão começar com 'puta que pariu, não vale nem a pena comentar esse post', resolvi por algo que valha a pena ser visto.


ASH STYMEST FOR METAL #17 ISSUE from revista metal on Vimeo.

Ashley Stymest, Ash para os íntimos, rere, é esse modelo inglês (como se não bastasse ser gato, ainda é inglês, =fu) lindo de morrer, cheio das tatuagens que eu, já a algum tempo e por motivos óbvios nutro esse crush-te-persigo-no-myspace-te-ponho-no-meu-plano-de-fundo. Ele é desses caras que eu nunca vou pegar e passar a vida inteira desejando chamar de meu, e como amiga também é pra compartilhar sentimentos desagradáveis, fica aí o meu: cada vez que eu vejo o Ash, encoxandos modelos gatas nas capas de revista do mundo, correndo pelo bosque ou declamando coisas que, não, eu não entendi, sou tomada por esses desejos incontroláveis de ter nascido assim também, de inspirar esse tesão e inveja nos outros, de ter videos de photoshoots minhas embedados em um monte de blogs por aí..e logo em seguida por uma depressão profunda porque não sou assim, é.

Depois do momento desabafei, bicha , acaba o post. Muito Ash e Axé na vida de vocês, e quem comentar, 'que isso R vc é diva' leva coió. (OUVIU N!).

Amo vcs. Sem mais.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

então é natal...

E ano novo tambem...


Opa, foi mal a demora, mas sabe como é né, eu tinha direito okz?
Eu era a q sempre postava certinha, a q fazia os posts maiores e mais caprichados enquanto vcs(Lê-se Nata) eram meio...bom, não eram tão pontuais assim. Aí revoltei, fiquei 1 mês sem postar! rs
Mas agora tô de volta... pq, sabe como é o ditado, né? A boa blogueira, ao blog retorna...
Ops, acho q confundi... mas enfim...
:)

Então, vamos às atualizações... sistemas de informação ta começando a complicar: logica matemática, programação, teoria geral de sistemas... Aaah, e ultimamente eu tenho sentido uma quedinha por webdesign... Quem diria, né? Logo eu, Sossa das matematicas... hahahhahaha, ok, eu nao engano ngm! Mas msm assim, isso não é muito minha cara não, mas to pensando em mais pra frente fazer um curso e talz, porem, nao abandonarei SI não, pode deixar! Vai ser mais pra adicionar do q substituir! E, quem sabe, posso até trabalhar com Raisse um dia, né não? Podem ficar em shook, q eu tb fiquei! hihiihihihihi

Mas mudando de assunto, to morrendo de saudades(novidade, né). Tava até comentando com rai e deprimindo ela tb. rere! Essa semana eu tenho pensado muito em londres, argentina, acampamento e em todos os planos/sonhos que a gente tem. Acho que é porque eu to precisando escapar um pouco da realidade, e sabe como é né, ir pra dreamland é sempre bom de vez enquando.. Vai que eu encontro Nata e Rassa tambem, né? hihihiihihi. Tipo aquele filme que alguem vai morrer ou viajar pra muito longe: "quando vc quiser me ver ou falar comigo, só fechar os seus olhos que eu vou estar lá, em seus sonhos" E aí a pessoa morre/viaja e a gnt chora q nem umas condenadas! rs

Mas já viajei muito, enrolei muito e nao disse nada... Esse post ta uma merda, desculpa ter feito vcs esperarem esse tempo todo por isso. Mas vcs vão me perdoar pq me amam, né? hihihihi

Nata, vê se de sinal de vida.
Rassa, nós somos uma bela dupla quando o assunto é espalhar fofocas, umbj!
é a vida, rs

aaah, a foto é cortesia de um site que tem um pouco de culpa por eu tá assim, xonadinha pelo design grafico, fotografia e afins... deviantArt.

É mara! Achei a foto a cara de Nata! hehehehehe
Amo vcs!

ps.: JÁ É NATAL NA LEADER MAGAZINE

ps².: Blog esfomeado comeu uma parte do meu post e eu tive q reescrever, mas nao ficou tão bom q nem o original(nao q o original era lá essas coisas, né.. hahahaha) mas foi o que eu lembrei!

:)

domingo, 4 de outubro de 2009

"viver


e não ter a vergonha de ser feliz"

Enfim, mais um sábado chegou, e foi-se embora. E mais um domingo está começando, e daqui a pouco vai embora também. Os dias passam, apenas passam, e não tem jeito, não voltam mais. "Viver é pra poucos, algum simplesmente existem", não é assim? É!

Meus 19 anos estão aqui, e há quem diga que eu ainda tô muito nova, mas não... 19 anos não vividos é muito tempo sem ser nova!

Eu quero poder ver minhas fotos e pensar como a vida é boa, e como eu me diverti, não ver as fotos dos outros e pensar como a vida deve ser boa.
Eu quero aproveitar cada minuto, sair pra dançar, cantar, rir, abraçar. Quero me divertir, e no final de tudo, ter histórias pra contar. Quero voltar a ter minha alegria de quando era criança. Quero voltar a ter um brilho no olhar. Não quero mais chorar, nem ter vontade de ver tudo acabar. Quero viagens. Quero aprender. Quero muito verão, muito inverno, muito outono... quero muitas primaveras. Quero viver uma história de verão, e ter um amor de verdade. Quero voltar a ser como eu era, quero voltar a gostar de mim. Quero aproveitar cada minuto, quero me sentir feliz e realizada... quero voltar a sorrir.

Quero viver, e não apenas existir.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

share the view

Da cama pro PC, do PC pra mesa, da mesa pro PC, do PC pra cama.
Agora vocês já sabem o que eu ando fazendo, 1bjo.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Habilidades³ sociais

Galera bunita, esse post a seguir foi escrito na terça-feira, aula de habilidades sociais.

Here we go:

Oi galere! Esse é o meu primeiro post escrito à mão(claro que agora ta digitado, mas quando eu escrevi foi a mão, hehehe). Tô aqui na faculdade, curso de sistemas de informação, onde só tem homens e, sem sacanagem, NENHUM consegue despertar o meu interesse. Claro q tem uns menos piores, mas que até agora não conseguiram mostrar que são mais que apenas um rostinho bonitinho. E isso, amigues, se eu não tiver com alcool na mente, não quero saber mais não.

Então, eu cheguei atrasada e tive que sentar aqui atrás e não to enxergando nádegas(quer dizer, só nádegas, rere), aí não da pra copiar ne? Sorry. E convenhamos, ter aula de psicologia em um curso de informática não é mole não. A faculdade ta tentando ensinar os nerds à não ser nerds! HOHOHO! Que feio, estacio. Só o que me faltava... Da muita vontade de gritar:

'HABILIDADE SOCIAIS NELES, PROFESSORA!'

Mas enfim né...

É sério, tem umas pessoas(homens) muito estranhas aqui! Namoraaal! Tem um, coitado , q acabou de falar comigo perguntando algo sobre a matéria. Sério, amigo, logo pra mim que tu vai perguntar? Escolha errada, muito errada. HAHAHA

E ele ainda tem um sotaque muito suspeito e uma voz muito engraçada. Tive que fazer a minhe melhor cara Junkie e falar: Pô(pausa pra pensar)... Sei lá!

Eu super queria q vcs estivessem aqui comigo e tals, nessa aula, nesse curso... mas eu sei, SIMPLESMENTE sei que não ia dar certo. Numa hora dessas raissa ia rir pa caralho na cara do menino, Natalia levantaria o cantinho da boca e faria a sua melhor cara de desprezo e eu ia responder ele com um sotaque inventado e uma voz estranha! Íamos ser odiadas,bjs.

MAs hein, é tanta merda q eu escuto nessa sala que puta q pariu, só falando assim mesmo! Sabem o ensino médio, onde sempre tinha aquele estudante jegue que fazia as perguntas mais idiotas do mundo(vulgo Lauro) e quando o professor respondia ainda rebatia o que ele falava? Então, aqui na minha turma não é um, são pelo menos metade dessa sala... Esse povo tinha q ter um bloqueador, tipo aquele pop-up, que bloqueia as janelinhas indesejadas sacoé? Então, a pessoa pensava alguma burrice, e quando ela abrisse a boca pra falar o popup ia la e bloqueava a língua, e ela não conseguiria falar! Olha que beleeeeza! O mundo seria um lugar tão melhor...

Por isso q eu escolhi informática. Os computadores são tão mais fáceis de lidar q as pessoas... Opa Dá ZERO pra mim professora! Que falta de habilidade social a minha.

Tá, eu não tenho mais o que escrever.bjs!

Ai, por algum motivo a prof falou algo de teoria do sanduiche, e como eu to com uma fomezinha prestei atenção... hihihi! Vou explica-la com um desenho do paint.bjs!



Onde os pães seriam os elogios e o recheio as criticas! Tipos, qndo tu precisa falar algo de alguem, criticar alguma atitude ou comportamento, seja no local de trabalho ou na vida social, voce começa elogiando algo da pessoa pra dps criticar e termina com elogio. Ela disse q assim a pessoa aceita muitoo mais a critica a chance dela tentar melhorar aumenta...~
E aí? Vocês compram? sei não hein... vo tentar fazer isso qlqr dia! Então ja sabem, se eu começar a elogiar voces, é pq logo depois cou critica-las! HAHAHAHA
AAAHH, importante: Nunca critique a pessoa em si, mas sim algo que ela fez! \o/
É... e vc aí leitor de casa achando que habilidades sociais se aprendiam na infancia! Que nada!




ps.: primeiro post escrito à mão e de manhã. Ó, Soraya tentando coisas novas no blog, bjs.

domingo, 30 de agosto de 2009

'paper dreams


honey'


Que dia chato, esse tal de domingo. Pessoas que trabalham incansavelmente durante seis dias por semana devem amar os domingos. Devem acordar às 10 da manhã, olhar pela janela do quarto e agradecer por mais um domingo calmo e silencioso. Eu não, afinal eu não trabalho seis dias por semana, muito menos estudo seis dias por semana, só vou carregando os dias nos ombros, de tão entediantes e parados que eles são, e domingo não é diferente. Na verdade, é até um pouco pior, já que não tem absolutamente nenhum barulho nas ruas, além dos latidos dos cachorros, e ainda nem passa nada bom na tv, nem nos canais de filmes, que normalmente são minha salvação.


Pelo menos domingo me faz pensar... me faz sonhar. Não que eu não sonhe e pense todos os outros dias, mas parece ser a única coisa que me resta fazer.


Hoje eu acordei pensando em Londres. Acordei pensando em como eu guardaria meu dinheiro se ganhasse na loteria, ou mais realisticamente falando, como guardaria o dinheiro do meu estágio, e iria pra lá quando a faculdade finalmente acabasse, e que eu levaria vocês, R e S comigo, e como colocaríamos nossos mp4 pra tocarem London Calling, todos ao mesmo tempo, depois de sairmos do avião (certo, R?), e como eu me ajoelharia e beijaria o chão dizendo "Obrigada!".


Imagino muitas coisas acontecendo lá, como a gente andando naquelas ruas cinzas e frias com nossos casacos e nossas botas, os shows, os festivais lotados, as viagens de trem, as tardes sentadas nos parques fazendo picnics, lendo, ou conversando, as noites inesquecíveis, nossas paradas matinais em algum Starbucks da vida, todas as pessoas que a gente conheceria... tudo com uma câmera pra registrar cada momento. Imagino e imagino, sem parar, e é tudo tão vívido, que isso às vezes me faz acreditar que um dia a gente realmente chega lá.

Esse é um dos meus sonhos, dos meus grandes...


sonhos de papel.

domingo, 23 de agosto de 2009

Compartilhe uma mensagem rápida !

São dias loucos e lentos, remelentos até, eu diria..
Voltei ao modo standby, não estudo, não trabalho, não saio de casa com frequência, basicamente no regime, durmo-como-leio-como-durmo, no trajeto quarto-banheiro-cozinha-quarto-cozinha-quarto, é assim que passo meus dias..Ah, a doce vida dos vagabundos.

Quem me conhece, que não me compre, todos sabem que eu sou a personificação da preguiça, vocês doces amigas, mais do que ninguém, portanto só..entreguem, confiem, aceitem e agradeçam. Abraçem essa causa, e joguem tudo pro alto vocês também.


Essa mensagem é um patrocínio de Ser Cara de Pau É Ser Feliz. :)




E uma foto de uma coisa bonita, só pra enfeitar o poste. Um caramelo meio a meio pr'aquela que adivinhar quem é, rere.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

'I thought I knew...


...but now I know that rose trees never grow,in New York city.'


Como as senhoritas me abandonaram aqui e só o que me sobrou(sempre) foi o elton, nada mais justo que uma pequena homenagem a ele aqui né?

Desde criança, me fazendo sentir coisas inexplicaveis. Talvez ele seja a razão por eu amar a musica o quanto eu amo. Mas enfim, ele é gay e nao me quer. QQQQQ

ahhahaha

Sempre faço uma piada nos momentos mais importunos. Mas essa sou eu e vcs ja me conhecem.


Well, tá, deixa eu ver sobre o que falarei hoje...

Não será sobre algo muito pesado, com a carga emotiva muito forte, não quero deprimi-las, migs. hihihi

Nem será sobre o bafon do fim de semana. Não quero divertir muito voces tambem nao! há!

Sobre filmes, musicas, séries, livros e etc acho que vcs já tão cansada de me ouvir falar. Não quero incomoda-las.

A faculdade? Ainda nao tive uma aula decente então... não tenho o que falar! êta!

Os planos para o futuro? Qtal? Uma boa ideia né? Daria um belo post... sim, daria se eu tivesse algum... To mais perdida que cego em dia de tiroteio(oi?).

AAAhhhh ja sei, premio multshow!!! Foi uma merda. Pronto. Acabou. Damn it! Isso não deu pra encher nem um paragrafo, quem dirá um post!

A verdade é que eu to sem muito o q falar, realmente. A vida não ta ruim, eu não tenho do q reclamar... e vcsa sabem né? Se nao for pra reclamar... vo falar sobre oq entao? ihihihihi


Ah, na verdade tenho uma reclamação sine, to com saudades de nata e de rassa!

Sim raissa, voce mesmo! Me abandona, mas ta tranks! Eu sei q se nata tivesse aqui em nit tb teria me abandonado... everybody leaves! to acostumada já...

to emuxa, fodaxe!


amo vcs! E não baixem Stereophonics - Since I Told You It's Over

Sério, não baixem!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

'everybody

rock your body'

Isso aqui tá as moscas, eu falei R e S, pra vocês atualizarem, mas ninguém me escuta.

Que seja... tô com vontade de sair, dançar, beber, cair e levantar. Ai, mentira... só tô com vontade de sair mesmo, porque como todas nós sabemos, ficar em casa final de semana não é digno. Os Backstreet Boys estão me dizendo pra dançar, minha mente está me dizendo pra dançar, meu corpo está me dizendo pra dançar... pra sair pra dançar, mas nada mais do que normal eu ficar sentada jogando paciência e vendo a novela das nove.
Bom, não adianta reclamar, minha vida só depende de mim, certo? Certo! Eu faço alguma coisa pra mudar? Não! Ok então...
R e S, minhas queridas, saiam, dancem, se divirtam, vivam la vida loka... porque o tempo passa, e a gente se arrepende de não ter feito muita coisa, e é óbvio, não tem como voltar atrás. 'Sua vida só depende de você', já bem disse um sábio pichador de porta de banheiro de boate.

Fiquem bem, se cuidem, se amem, sejam felizes, corram atrás dos seus sonhos... amo vocês.

e amo danny jones que hoje, lindamente, apareceu no twitter. Danny, te amo, beijos me liga. <3

domingo, 26 de julho de 2009

times like these we'll never forget..

Eer.. o post era meu e eu fiquei protelando e só estou postando agora. Antes tarde do que nunca, rere.

Amanhã vamos embora, S e eu, e embarcaremos as três de volta pra nossa rotina pacata e solitária, a 306 miles umas das outras...
Foram dias dignos, divos divinos, (N, rere) e tensos. Assumo aqui minha parcela de culpa e peço perdão por ser bem..eu. Vocês são tão divas que me aguentam e são minhas amigas mesmo assim, então, obrigada.

Eu particularmente não gosto de números ímpares. Eu acho meio feio, como sempre fica um sozinho, e como sempre dava merda quando eu aprendi a dividir.. Mas pra nós, 3 funciona. Três é só o que funciona na verdade..É uma combinação cabalística cósmica transcendental quântica supernatural (forfun -Q), que mesmo balangando em vibes estranhas, mantém o equílibrio, em três pontas distintas e mortalmente perigosas, -qq.

O que eu tô tentando dizer, é que a 306 miles ou um metro e meio de distância, mesmo vocês me desprezando e tal, amo vocês. E só poderíamos ser em três, porque qualquer outro combo numérico não funcionaria.
Estaremos sempre nuas, mas nunca sozinhas. Amo vocês, e obrigada por terem passado essa semana PARADISE comigo. (L)

-NUA?
-SOZINHA.
-NUA??
-SOZINHA.


PS: E se tivesse sido um saco, só N bebinha com as bochechas roxas e descendo ATÉ O CHÃO com o Bonde do Rolê já teria valido a pena.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Contos de atibas city



tipassim, dia 1 em atibas city e já alopramos tooooodoonn!

Aeroporto digno, nuvens dignas, filmes dignos... comissário de bordo não muito digno!

Depois café da manhã num bistrô-padaria super mara cult que alguns quase-famosos que passam em atibaia tomam café... Depois correria pela pracinha com direito a pular banco ir ao encontro da long lost friend e um abraço digno de cena de filme.

Vegetar um pouco, claro, porque sem vegetar, não é a gnt!

Mas todas essas emoções não se compararam à eu dirigindo o carro na descida e fazendo curva ao modo fast and furious... E estacionando o carro, e sair da vaga.... Tá, foram muitas emoções comigo dirigindo! hahahahaah

Mas fiquei de motorista total, parava em farmacia, lojinhas, sorveteria, parquinho e, retratado por mim agora, esquecemos de ir na chacara. E amanha vo ter q levar natyraaanha pra auto escola... Maaaas tudo beem! Amanha é dia de pique-nique. \o/

Enfim, enrrolei pa carai pra dizer que esse primeiro dia foi foda, e dias mais fodas nos esperam. E que ta sendo perfeito, e que amo todas e que quero mandar um beijo pra minha mãe, natalia, raíssa e especialmente pra xuxa!


Migs, brigada pelo que ta pra ser a melhor semana de aniversário que eu ja tive. Vocês são fodas!

=DDDD

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Cai a chuvaa

e molha o meu amoor !
Rebola, mexe, solta a franga que a chuva já molhou...

Mala devidamente feita (N tem razão roupa de frio ocupa muito espaço, vsf), cabelos quase que devidamente trançados, playlists devidamente atualizadas, despedidas oficialmente feitas, unhas do pé devidamente pintadas, estômago (in)devidamente cheio..Em 24 horas estaremos TODAS juntas !!
Gente, me perdoem a linguagem, mas não tem outro jeito de descrever, tô com muito fuego no kooh, rs, poderia evaporar toda essa chuva que tá caindo agora. Expectativa e ansiedade e alegria e fogo no rabo é azul-celeste com glitter, rs.

VL tá nervosa com medo da gripe suína, mas eu disse, Mamãe não se preocupe, eu não tenho planos de me envolver com nenhum estrangeiro contaminado relax, take it eaaasy. ISUADHSIAHSEIUH
Porque num mundo perfeito nós começaríamos em Atibaia e terminaríamos em Londres, pegando o George Craig, o Nic Hoult, o McFLY e o Rupert Grint, não necessáriamente nessa ordem, kk.

De qualquer forma, se der qualquer merda, saibam que eu morri feliz porque estava a caminho de ver a amada Natyrebs com a amadaSosilibibis, com direito a pirulitos 7bello e sketchbooks na mochila.

Tá, estou muito animada e desconcentrei e não consigo escrever.
Até mais, my dears, luv ya.


PS: Tálok que é a primeira vez na vida que eu vou andar de avião T-T.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

home sweet home

Depois de 9 dias longe de casa, preciso dizer que o sul é muito bom, tudo combina. As cidadezinhas do interior, onde meu pai parava pra comprar queijo, torresmo e cachaça, as Termas de Gravatal onde só tem roupa boa e barata, Tubarão na casa da minha tia, São José na casa da minha madrinha, Curitiba na casa da minha prima L, o apartamento maravilhoso da minha prima S, as praias de Floripa, Jurerê Internacional disgníssimo, a praia da Lagoinha, e até mesmo Mariscal, aquele fim de mundo maravilhoso, com a casa de praia mais linda que eu já vi na vida, e um argentino não muito bonito, mas que eu achei mara e QQ

Não, falando sério, minha madrinha é chique, grava comerciais alok. Nessa casa de praia em Mariscal, teve a gravação dos sapatos Bibi. Milhões de pessoas super dignas e exóticas andando de um lado pro outro, câmeras, maquiagem, praia, tudo combinava perfeitamente, quase que eu pedi pro dono da casa (o diretor do comercial) me adotar, rs.
Tudo foi digníssimo, minha tia B me paparicando, e perguntando se eu queria morar lá com ela foi a coisa mais linda do mundo, minha madrinha me dando altos conselhos, meu "tio" super engraçado contando umas histórias muito boas, "só bebi um litrinho e dois copinhos", rs.
Só faltou mesmo a bendita neve, sério, deve ter feito uns 2 graus negativos lá em São Joaquim, e tinha previsão de neve, e eu lá na janela do hotel só acompanhando o termômetro "3 graus, 2 graus, 1 grau, iiiih, 0, uhuuuul" mas nada da neve, já que a chuva levou ela embora, mas tudo bem, valeu à pena.

Estou esperando vocês aqui, R e S :)
(L)
Xx


ps: happy birthday Tom, e a gente vai comer seu bolo e NNN adoro aquelas musiquinhas de aniversário.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

é, o estrago tá feito


Quando eu paro e olho pra trás vejo que realmente não tinha jeito, eu só não conseguia enxergar naquele momento. Eu nasci pra exatas, eu sou exatas e era para eu não brigar com isso. Mas não, eu fiz questão de "pular",dormir, conversar e até cantar em todas as aulas possíveis de matemática e afins. E quando vinha aquelas de humanas eu era um absurdo de participativa (quando estava presente e não estava dormindo, que fique claro... hahaha). Ahhh, grande erro Soraya, grande erro.
Para entender direito esse post, eu tenho que voltar lá atrás, na quinta série. Sim, creio que foi lá que tudo começou. Professora "Mariazinha" era uma mulher amargurada com a vida, que não gostava de crianças, e coincidentemente minha professora de matemática. Como dizem que a primeira impressão é a que fica, eu culpo ela por todo o meu pavor, digamos assim, dos cálculos. Os dois anos com ela me traumatizaram. Mas aí na sétima série chegou o "João". Ahhh, grande homem aquele, quase conseguiu acabar com todo o meu pavor dos números. Quase. Se o colégio não o tivesse "dispensado de seus deveres" por seu método não muito ortodoxo de ensinar, eu com certeza teria sido uma pessoa diferente nos anos seguintes. Mas infelizmente só tive os seus grandes ensinamentos por 1 ano. E quase foi o suficiente. Mas no ano seguinte veio ela de novo, Mariazinha e todo o seu poder de fazer da sala de aula um lugar frio, medonho e depressivo. Seria ela uma dementadora? R. saberia. hahahaha
Em contra-partida, sempre tive os melhores professores em áreas como português, história, geografia e afins. As salas eram acaloradas, acolhedoras e animadas. Isso criou uma confusão em minha cabeça. "Eu adoro história, odeio matemática" Dizia eu aos 14 anos.
Ahhhhhhh, se eu talvez não tivesse essa cabeça tudo seria diferente. Eu realmente gostava de história, e gosto até hoje. Mas não entendia o espirito de exatas, não mesmo. No ano seguinte não conta, não gostava do colégio, das pessoas, e sim, confesso que matei mais aulas do que fui. Mas aí chega o 2º ano, colégio novo, e eu, logo EU, fiz amizade com 4 meninas super CDF's. Siim, isso talvez tenha sido um pouco da minha salvação. Eu dormia, elas me acordavam. Eu matava aula, elas me ligavam e me repreendiam, eu não prestava atenção e conversava, elas me olhavam de cara feia. hahahahaha
Então T., hoje uma amiga de longa data, na época queria fazer ciências contábeis. Nas aulas de matemática, quando tinha grupos e pequenos exercícios em dupla, ela sempre me chamava pra ser a dupla dela. E a gente realmente se entendia. O trabalho fluía, os números já não pareciam tão complicados e a vida era bela de novo. Para aí, nesse exato momento. Como tola eu fui. Se eu tivesse apenas percebido, que sim, eu tenho capacidade e aquilo era pra mim ao invés de me enganar achando que eu era da área de humanas, talvez tudo teria sido diferente. Mas o minha imensa vontade de pertencer ao outro grupo criou um tipo de preconceito à qualquer profissão que tivesse um minimo de calculo.
Sim, eu gosto de ler. Sim, eu gosto de arte. Sim, eu gosto de filmes, museus, lugares, filosofia, e coisas ligadas à isso. Mas isso NÃO quer dizer que eu tenha que ter uma profissão assim também. Realmente não quer. E ontem, como boa desistente de comunicação social que sou, fui na faculdade mais próxima e fiz minha matricula de SISTEMA DA INFORMAÇÃO. Pra completar aquele medinho e frio na barriga, o menino que fez a minha matricula disse mais ou menos isso: "aah, eu tinha vontade de fazer SI, mas é muito complicado. To com um pouco de medo. Acho que farei engenharia no lugar." QQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQ
Por acaso SI é mais complicado que Engenharia????????????
Me apavorei.
Acho que ele percebeu, então completou: "Mas SI é muito bom, se consegue estagio muito bom e muito rápido. Meu irmão faz e ta fazendo estagio de 4 horas e ganha 500. E ele ta no 2 período. Conseguiu estagio no primeiro. AAAAAAAAAhhhh, o céu voltou a ser azul novamente e a nuvem que pairava sobre mim se foi, significando que sim, estou fazendo a escolha certa.
E quando tudo estava feito ele apenas deu um tchau, boa sorte e disse que eu dei um animo a mais pra ele fazer a faculdade, e que talvez a gente se encontre lá no primeiro dia de aula.

É amigo, talvez...
Só espero não ter o triste fim que meu amigo aí do desenho...

terça-feira, 14 de julho de 2009

R, jogue suas tranças !


Hoje é dia de trançar o cabelo. Uma vez por semana (nas férias frequentemente uma vez a cada duas, três semanas, rs) Rapunzel refaz suas tranças. E a cada mês esse processo se torna mais penoso, já que meu cabelo cresce numa velocidade quase demoníaca me forçando a perder cada vez mais tempo nessa de desmanchar e retrançar o cabelo. E tá, eu posso não trançar o cabelo, mas aí eu também sairia muito menos de casa, kk.

De qualquer forma, já que não fui abençoada com um cabelo bonito que nem N e S, tenho que me virar com o que posso. E devo admitir, que essas tranças facilitam a vida, não só porque eu fico o resto da semana sem pentear o cabelo, mas também quando não sabem meu nome, ou tentam me encontrar. Um simples 'aquela menina esquisita de trancinhas' me identifica.

Sim, estou vazia.

Sim, estou descabelada.

Sim, estou preocupada com o desaparecimento sulista de N, rs.

Sim, estou contando os dias (6).

Sim, foi um post de merda.
Sim, sim , sim, este amor é tão profundo, você é minha prometida eu vou gritar pra todo mundo!

Sim, acaba por aqui.
calças = (L)

domingo, 12 de julho de 2009

"Hello darkness, my old friend...


...I've come to talk with you again"


Não importa o quanto depressiva eu esteja, escutar Simon & Garfunkel sempre me deixa bem. As musicas não são alegres nem animadas, mas me traz uma paz que só eles conseguem. E pensar que eu conheci eles por causa de um dos meus filmes favoritos: "Quase famosos"(ahhh, não é atoa que eu amo esse filme. Consegue fazer com que uma historia aparentemente simples se torne incrivel, onde você se apaixona pelos personagens mais imperfeitos, que é baseado na vida do proprio diretor e por tras disso a trilha sonora mais foda que qualquer filme já teve).

Acho que suas musicas me 'lembram' de uma época da minha vida que eu ainda não vivi.[?]

Como isso é possivel? Não sei. hahahahaha

Dá aquela sensação de querer saber o que vem por aí. Tipo uma série de tv. Tô na quinta temporada, a temporada acabou e foi renovada por mais alguns anos(a audiencia é boa... hahahahaha), mas ainda não sabemos quem é jacob, ou então se georgina vai ou não aterrorizar Blair, ou talvez o Freddie e a Effie finalmente vão ficar juntos. Mas sabemos que algumas respostas serão respondidas à algum momento da proxima temporada e outras talvez só mais pra frente.

Tão me acompanhando? Acho que até eu to confusa. Talvez ao invés de usar série, poderia usar uma trilogia, tipo matrix. Ou então livros, tipo harry potter, eu ia ter 7 lançados ao todo.

Na verdade eu não sei mas do que to falando. Já fugi total do assunto! hauashiusahsaiuhsaiuhsaiusahuisahuai

Eu só sei que não vejo a hora de viver tudo que tenho pra viver, porque eu posso ter depressõezinhas momentaneas de madrugada sim, mas eu tonuma fase muito boa na minha vida e não tenho mesmo do que reclamar.

Amo vcs.

Volta logo Naty.

Raíssa, onde vc tá?


Ps.: Sobre a foto, eu botei no google image "sound of silence", que é o nome da musica que eu botei aqui do S&G e foram tantas imagens legais que apareceram que eu nao pude escolher só uma, aí selecionei as melhores. =D


"And the people bowed and prayed

To the neon god they made.

And the sign flashed out its warning,

In the words that it was forming.

And the sign said: 'The words of the prophets are written on the subway walls

And tenement halls.'

And whisper'd in the sounds of silence. "


Porque o barulho do silencio diz muito, migs. Diz muito, sem brinks! hahahaha

segunda-feira, 6 de julho de 2009

sem bad trip, nada me abala.


abra sua mente, faça sua mala.


Ai, eu sei que a lógica da música não é essa, mas amanhã tô indo viajar, haha.

O sul está me esperando de braços abertos, e tá me prometendo neve. Sim, ne-ve, e não, não tem previsão de neve pra nenhum desses dias, mas é melhor acreditar que vai nevar quando eu estiver lá do que esperar o dia que eu for pra Europa, se isso acontecer, e se ainda existir neve quando essa dia chegar, porque como vocês sabem, o aquecimento global não está de brinks não.


Enfim, amanhã de manhã sairei rumo ao sul, com meus fones de ouvido e meu gatorade de laranja, que espero que meu pai compre antes de sairmos, porque gatorade de laranja é vida.

Mas tem uma coisa triste a respeito disso, eu ficarei sei lá quanto tempo longe de vocês, e do Danny, e do Tom, e do Dougie, e do Harry, e do George, e do Jesse e do Mike Bailey, porque internet só em algum lugar que tenha internet sem fio, se eu der sorte. Shit!


Queria levar meu violão pra treinar, afinal eu só aprendi o acorde D, até agora. Tudo bem, isso é culpa da minha preguiça e cara de pau, porque eu só comecei a treinar ontem :D

Whatever...

Vejo vocês final do mês, sweethearts! (:

"Pobre de espírito aquele que não se aventurar, o comodismo é um mal parasitário
Juventude perdida é o caralho, eu tenho muito mais pra dizer" (8)


sábado, 4 de julho de 2009

road to ruin.

Hoje é dia da indepêndia dos USA, aniversário de trinta anos da minha prima Carol, quatro meses e um dia que a minha tia morreu.. e eu só consigo pensar em ir pro perigo.
Assim, eu sei que tem algo de errado comigo, mas será que isso faz de mim uma pessoa ainda pior do que eu já sou? Com tanta coisa acontecendo, tudo bem, esquece a indepedência dos USA, mas com tanta coisa acontecendo na minha casa, com a minha família, é normal querer sair daqui o mais rápido que minhas pernas anormalmente grandes permitam, e beber até não sentir essas mesmas pernas e dançar até que elas não me aguentem mais?

Sei lá. Hoje tá frio, e minha mãe tá fazendo torta de limão. Vou desenhar a pesquisa iconográfica pro projeto final de História da Arte, e depois trançar meu cabelo, e ouvir música até estar com um fogo no rabo tão grande que não me sentirei culpada por ser tão suja e querer ir pro perigo.

S e N, sejam boas meninas e rezem pela minha alma eterna, rs.
(L)

quinta-feira, 2 de julho de 2009

'If someone drops you on the floor...


...and you just don't know who did it.
Just flick your hair and try to kick
gather as many people as you can hit!'
Super digna essa musica.



Sim, eu sou desorganizada. Entrem em shok. Rosashok.





Ai, a fic de raíssa tambem ta muito digna. Só isso que eu digo.
Tá, não vai ser só isso que eu vou dizer u.u



GEEEEEEENTE, MINHA PAREDE TA 'FRUTAS SILVESTRES'. rs


Tá, ainda não ta pronta então ta feiona, mas vai ficar maaaaaaaaaara. Queria saber desenhar ou então fazer arte, porque aí eu fazia algo super legal nas outras, tipo respingo de tintas ou algo do tipo, mas como Deus me deu o dom de nada ao invés da arte eu só fico na vontade mesmo. U.U



Não sei porque, mas hoje eu to sem nada pra falar gente. Desculpe. huahuauhahuauhahu
Ultimamente to numa vibe muito pop rock. Ando escutando o muse e placebo de sempre, mas com uma dose um pouco maior de spice girls e lady gaga. Não sei o que isso quer dizer. Só sei que eu quero sair esse fim de semana, e acho que nem vai rolar. bee1


Mas tudo bem, a gente nao tem tudo o que quer. Eu tambem quero ser rica e glamurosa e não sou. Bom que não fico mal acostumada. POAKSPOASKSPOAkSAPOSKAPOSAKOPSA
Nossa isso soou tãããããããão 'sou-uma-garota-lesk-mimada-e-babacona'.


To com vergonha de mim mesma.


Mas é isso ae. Quero saber da esbornia mesmo e nao tenho vergonha de adimitir. hohohohohoho
Uma hora eu vou sossegar, sei que vou. aoksposakposakspoakosap


Enfim, acho que that's it, primeiro post indigno do blog tinha que ser escrito por quem?????
Soraya, claro. dãr.

A minha parede ta roxa, e to vendo que a tatuagem não vai sair. To com uma vontade estranhamente forte de beber. Minha imaginação e criatividade não tá boa. To viciada em strokes e kings of lion. Amo vcs.
:)

nothing interesting

Eu tenho um grande problema na hora de escrever, sempre penso em várias coisas, e tudo se encaixa perfeitamente na minha cabeça, mas na hora de botar no papel, é um desastre. Não é à toa que minhas redações nunca foram mais do que medianas, e postar num blog é o mesmo desafio. Bons pensamentos, admito, mas super complicados de expressar.
Por isso, tudo soa sempre tão fútil, vazio. Poderia escrever sobre o livro que eu estou lendo, sobre como 'extreme make over - reconstrução total' é um programa muito bom, e as histórias são sempre emocionantes, como aqueles filmes que assisti no último final de semana passavam tal mensagem e como eram realmente dignos de se assistir... mas não, nada disso, e muitas outras coisas, saem bem escritas.

Não adianta, this is me. Eu não tenho talento pra escrever, pra dançar, pra cantar, nem pra tocar qualquer instrumento, por mais que tenham me dito que eu tenho boas mãos pra tocar piano, e que minha madrinha diga que quando eu era pequenininha e ela cantava pra me fazer dormir, eu cantarolava junto com ela.

De qualquer forma, não estou postando pra reclamar sobre a minha vida... na verdade, eu nem sei qual é o sentido desse post.

Bom, queridas S e R, vocês são divas, vocês brilham, e são talentosas, não se preocupem.

ps: essa parada de postar todos os dias não funciona pra mim, bjs.

terça-feira, 30 de junho de 2009

life in cartoon motion

As vezes eu queria que minha vida fosse um romance chick lit, ou um filme. Ou uma fic, ou uma história em quadrinhos, ou melhor, um desenho animado! Aí não teria importância se nada fizesse muito sentido, e todas as desgraças seriam mesmo engraçadas. Porque esse lance de rir da própria desgraça pra não chorar não tá com nada, é só mais uma dessas coisas que a gente faz sem vontade por convenção da sociedade (não perder tempo conversando com pseudo adultos da sua turma na faculdade, fikdik). E tudo que eu desenhasse teria grandes chances de se tornar verdade.. tipo quando o Coyote desenha com tinta Acme na parede um túnel pra enganar o Papa-Léguas, e aí o Papa-Léguas sai correndo pelo túnel e quando o Coyote vai atrás sai um trem e esmaga ele.
Eu seria o trem. E passaria por cima de todo mundo que mexe com a minha família, de todos os professores que não sabem falar com as pessoas, de todos os problemas que atormentam meus amigos, das doenças que acometem quem eu amo, das dívidas de todo mundo que mora perto de mim, e o mundo seria um lugar perfeito.

É, eu seria o trem.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Turismo para não-iniciantes.


Tava me sentindo muito indigna hoje. Tipo a Cassie quando toca 'this day' do the sleepy Jackson em skins, não sei porque. Acordei 6 horas da manhã porque tinha ido dormir 21:30 de domingo. Isso sem contar que no mesmo dia dormi de 8 à 12 e depois de 16 às 19. Sim, sim, o fim de semana foi cansativo.hahahaha Enfim, tava sem inspiração nenhuma mas como sempre raíssa salvando o mundo com seu desenho me mandou este <<<< .

Tá, eu explico. Um belo dia, no centro de niterói andando pra lá e pra cá, surge uma ideia de escrever um livro de turismo. Não agora, claro. Mas depois de ter viajado pela europa toda. Esse livro falaria sobre os mais diversos albergues,  as noites (mal) dormidas no aeroporto, as visitas feitas em todas as nightclubs dignas, museus, shoppings, coffeshopps, restaurantes e os mais diversos pontos turisticos. Mas esse não seria um livro de turismo qualquer. Contaríamos coisas do dia-à-dia como, por exemplo, como raíssa teve um revertério depois de comer comida estragada feito por um japones muito suspeito, ou então como natalia ficou 5 dias sem tomar banho porque no albergue da suíça não tinha água quente ou como eu tirei foto disso tudo! HUAHUAHUAHUAHUHUAUHAHUAUHAUHAUH

Claro que não vou me 'auto-sacanear' no meu proprio post ne!? hahahahahaha

Mas enfim, E esse desenho é simplesmente a capa do livro visualizado naquele momento. Nós, no centro de niterói fazendo altos planos e gritando:

'MAAAAAS TIPASSIM CARA, NA CAPA DO LIVRO VAI SER A GNT NO MEIO DA ESTRADA PEDINDO CARONAAA. EU VO TA COM UMA CAMERA PENDURADA NO PESCOÇO'

'ISSO. E NATALIA VAI TA MUITO SENTADA EM CIMA DA MALA COM O MP3 NO OUVIDO E EU ESCRASHAAAAAAAAAANDO TUDO PEDINDO CARONAAAAAA' 

Cara, eu sei que um dia escreveremos esse livro, eu sei que um dia viajaremos pela europa e veremos a chuva caindo da janela do trem como o harry potter só que sem os dementadores! \o/E sim, eu sei que um dia pegaremos o mcfly. Tá, isso eu não sei não! huuhuhuhuhuhuh............ Mas mesmo assim amo vocês, sempre. Desculpa o atraso do post! hihihihihihi

E é isso, to escutando queen, e isso é legal. Nem to me sentindo mais como a Cassie. Ta mais pra Cook no dia do seu aniversario depois de ter estragado e festa de noivado da kayleigh. AHUHAUHUAHUAHUAHAU  Tá, to bem, mas não tanto assim. 

=DDDDDDDDD

ATUALIZANDO: PASSAGENS DE AVIÃO COMPRADAS PARA O DIA 21 \O/

NÃO TEM MAIS JEITO!!!!!! UHULLLLLLLLLLLLLLLLLL

sábado, 27 de junho de 2009

lazy girl

Hoje e amanhã, não quero mais nada além de assistir filmes. Meu espírito de velha tomou conta de todo o meu ser esse final de semana, e só se o McFly estivesse aqui, na minha frente, eu sairia da cama. E falando em McFly, eu espero que o Danny consiga cantar 'born to run' com o Bruce no show. Espero mesmo, de verdade, do fundo do meu coraçãozinho. Go on Danny, go on <3

Assisti dois filmes hoje, 'milk' e 'marley e eu'. Sobre o primeiro, o Sean Penn estava incomparável, o James Franco um delírio, e o Emile Hirsch, bom... o Emile Hirsch é o Emile Hirsch, né?
O filme é muito bom, não sabia se ficava com raiva e com vontade de me juntar ao movimento, ou se chorava de frustação e tristeza. Pô, free world pessoal, free world. E 'marley e eu', bom, o filme é realmente lindo. E eu achando que as pessoas exageravam demais nos elogios. Em certos momentos me deu vontade de ter um cachorro, um marido, filhos, uma casa na praia, e ser uma jornalista, mas infelizmente não tenho vocação pra cuidar de animais, pra escrever, nem pra ter um relacionamento com alguém, oh vida injusta. Chorei até os olhos arderem. Recomendo os dois.

Para agora à noite eu tenho 'sete vidas' e 'duas semanas'. Os dois parecem ser bem tristes, oh well... pelo visto hoje é dia de chorar até secar. Só faltava aquela latinha de brigadeiro pronto.

Spread the love, people.
e desculpe pelo post, mais uma vez, inútil e mal escrito, sou uma negação D:

editando: acabei de ver 'sete vidas' agora. Se eu chorei muito em 'milk' e 'marley e eu', em 'sete vidas' eu chorei o triplo. Assistam os três, sério.

ps: go on D, go on <3

sexta-feira, 26 de junho de 2009

suicidal tendencies


Estou a beira de cometer um ato que vai contra as leis de Deus e da natureza, assim como essa pobre banana tão futilmente retratada por mim mesma. Sério, a sombra da morte paira sobre nós como nunca essa semana, ok.
Não estou falando só de MJ, nem de Heath Ledger (passou Coração de Cavalheiro na Sessão da Tarde, T-T), nem da banana, e sim de mim. E da minha total falta de habilidade (e de responsabilidade também, porque não?), em desenhar todos os 25 desenhos da estúpida matéria de Skecthbook. E todos os 15 de História da Arte, com direito as estudos de claro e escuro, o que quer que isso seja. E o de Perspectiva. E os de Teoria da Cor. E os de Desenho I. E tudo até a semana que vem.
É possível que eu não sobreviva, e há altas chances de eu nunca mais conseguir segurar um lápis sem sentir vontade de chorar e dos meus vizinhos tentarem me matar da próxima vez que eu ouvir Art Is Hard do Cursive.
Porque eles não estão de brinqs não. Arte é díficil, minhas amigas.
Se eu não conseguir salvar o mundo, saibam N e S, que eu amo vocês. E que vocês podem se estapear pelos meus pertences, porque eu não vou puxar o pé de vocês. Mas continuarei tentando, um desenho de cada vez, rs.
Adeus, mundo cruel.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

'There's a place in your heart

And I know that it is love...'

Meu tio me diz que quando eu era criança, sempre que eu ia pra sua casa, chegava já pedindo: "tio, bota a musica da 'forminha'?" Essa musica era 'Heal the World' do Michael Jackson(tem uma parte que parece que ele fala forminha). 

Esses dias eu to numa fase muito retrô, escutando só velharia. E 'Heal the World' era uma musica que tava na minha playlist. Na verdade, a unica do MJ. Eu nunca fui super hiper mega fã, mas claro, conhecia os seus sucessos. E quem não conhecia?

Não importa. Eu nunca fui apresentada a ele, nós nao eramos amigos, ele nao era da minha familia, nem sequer da minha geração e ainda sim eu me sinto estranha com a sua morte. E acho q grande parte do resto do mundo. Não necessariamente pela pessoa que era, mas por seu enorme talento e pela mensagem que muitas de suas musicas deixaram. Ele não conseguiu 'curar o mundo' e muito menos 'torna-lo um melhor lugar', mas ele certamente passou a mensagem de que você pode e deve sonhar. E mesmo sendo uma criança tosca que nao entendia nada do que ele dizia, acredito que peguei essa mensagem muito bem, considerando como 'sonhadora' eu sou. Infelismente a imagem que eu(e a maioria das pessoas da minha geração) tenho dele não é de uma MJ sorridente, que dança e canta A.B.C. com os irmãos, mas sim de um 'freak' neurotico pedófilo que a midia pintou e bordou, e provavelmente apagou nele sua propria mensagem de um mundo melhor. Como ja disse, não o conhecia, não sei se tudo que diziam sobre ele era verdade, mas é inegavel que ele teve grande importancia enquanto esteve por aqui. 

Desculpa o post total deprê emo de hoje, mas não podia deixar isso passar em branco. Quando Nat falou pra mim q MJ tinha morrido eu fiquei =fina : 'Claro que nao sua estranha, quem morreu foi a pantera: Farrah Fawcett.' Entrei no twitter, vi as primeiras mensagens... Primeira coisa que pensei foi: cara, cade raissa numa hora dessas que todas nós temos que estar juntas (pelo msn, claro.. hauhuahuahua), depois claro, fiquei normalmente desesperada. Impacto inicial. =)

O dia hoje foi muito estranho, a pantera morre, MJ tambem e eu não falei com R. até agora! Acho q nas ultimas 2 semanas a gente se falou todo dia pelo menos um pouquinho. Quebrou a corrente.. hahahah

Mas pelo menos Naty tava me fazendo companhia. E devo acrescentar um asteristico, ela ultimamente tem me feito companhia direto! Brigada pelos otimos jogos de sinuca, N. te amo! hahahahaha

Enfim, desculpa de novo o post, nao me matem por eu só ter falado sobre MJ, mas sabe como é ne, coisas de infancia realmente meche com a gente! huuhuhuh

AMo vcs. 

"Heal the world
Make it a better place
For you and for me
And the entire human race
There are people dying
If you care enough for the living
Make it a better place
For you and for me"


quarta-feira, 24 de junho de 2009

Is this real life?

Semana de entrega de resultados na faculdade é uma merda, juro. Você fica naquela tensão, tem certeza que mandou mal em quase todas, já vai procurando emprego pra pagar a DP e ainda por cima não consegue dormir de nervoso.

Hoje foi bem assim, fui acordada daqui até São Paulo, com os olhos arregalados e bem louca, não sei se de sono porque eu não dormi um minutinho se quer, ou se de nervoso. Atenção na estrada significa ver o que não quer, e eu realmente vi uma das cenas mais bizarras, que não compartilharei porque pode causar infarto, e/ou choque permanente nos mais desavisados.

Enfim, toda aquela tensão pra ir muito bem, obrigada, rs. Sério, foi uma luz divina que desceu e me ajudou, porque eu jurava muito que tava na vala. Anyway... no more faculdade por um mês, e eu acho isso muito digno.

Os resultados foram bons, mas nunca dá pra agradar todo mundo, e às vezes você é obrigada a ouvir o que não quer. Alguém me diz qual é o motivo da minha existência? Não é possível que eu só tenha nascido pra dar trabalho e desgosto. Além de ser uma contribuinte do aquecimento global, e comer demais.

Pois é, dessa vez não é só drama, is real life. Sério, life is a bitch, já bem disse D.J. <3

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Tell me why? I don't like mondays..

Eu pergunto, eu respondo. Não gosto de segundas feiras porque eu acordei precisamente às 07:17, me desbanquei até Pendotiba, mas podia muito bem ser pra Nárnia, Hogwarts ou a Terra Média, sério, era tanta névoa que o motorista devia estar adivinhando o caminho, fato.

E depois dessa viagem fantástica, descubro que por algum motivo tão pouco natural e desconhecido como, porque o Pato Donald anda sem calça, mas enrola a toalha na cintura quando sai do banho, NÃO TINHA AULA. Sério, eu, M e Q passamos uma hora conversando sobre bandas punk e lendo The Spirit, invejando o traço de Will Eisner e ninguém apareceu, na faculdade inteira. Ninguémzinho.

Daí, claro, voltei pra casa, e dormi de novo, principescamente me largando nos braços de Morfeu, até que S me ligou e me acordou, e eu sinceramente, não faço a menor ideia sobre o que falamos, sinta-se a vontade para me lembrar, rs.

Então passei a tarde toda desenhando com lápis de cor aquarelável (eeecaa), sentido a tendinite arder, e aí eu vi o fim do filme dos Jonas Brothers e vim escrever. HmHm.

Então, James Taylor, pode ir pro inferno, está aí o why eu não gostar de segundas feiras.


Segue, um teaser da nossa Noite de Amor & Música, fanfic que eu e S estamos desenvolvendo,rs.

- Acho muito digno a gente parar em qualquer lugar e comprar uma garrafa de qualquer coisa – Rai começou a berrar mais alto que a voz de Danny Jones nas caixinhas de som, enquanto abanava o olho com uma folha de papel, secando o delineador – porque eu vou morrer de frio até chegar na Augusta e o álcool me esquenta..
- Você só vai morrer de frio porque tá com essa roupa de piriguete, prontofalei – Soraya respondeu, enquanto mudava a música no mp4 ligado nas caixinhas de som, rindo da falsa cara de ofendida da amiga, começando a dançar os primeiros acordes de Date With The Night do Yeah Yeah Yeahs.
- Naty, você acha que tá muito piri? – a mais alta se virou pra amiga que estava sentada na beirada da cama, passando a chapinha calmamente. Esperou o parecer da amiga, as duas descendo o olhar pelo vestido preto curto que Rai usava, a meia calça preta fio 40 e as botas até quase embaixo do joelho.
- Só um pouquinho. Po, Sosiz, porque você desligou o meu homem?- ela agora ia tirando a chapinha da tomada e a deixando em cima da mesa.
- Porque Yeah Yeah Yeahs me deixa no clima – Soraya respondeu, fechando os olhos e dançando no lugar, arrancando risadas das amigas. Naqueles últimos dias o que elas mais tinha feito era rir. Desde de que Natalia tinha ido estudar em São Paulo, a quase um ano atrás, as três não tinha estado fisicamente juntas. Rai e Soraya ainda morava em Niterói e se viam com freqüência, mas decidiram que só as conversas no MSN e os floods no twitter era pouco para matar as saudades, então acabaram indo visitar a amiga em Atibaia. A saudade que haviam sentido umas das outras agora era traduzida em muita gritaria, risadas e azeitonas, tudo com a trilha sonora de uma certa banda inglesa.

;)

domingo, 21 de junho de 2009

Que dia é hoje?


Ahh, o domingo. Domingo pé de cachimbo. Domingo é dia de faustão, gugu, silvio santos, futebol. Domingo, dia de pensar em todas as coisas indignas do sabado, ir pra igreja e rezar sabendo que provavelmente fará a mesma coisa na semana que vem.
'A palavra é originária do latim dies Dominicus', diz a wikipedia. Domingo é sunday, mas peraí, sunday não é sorvete?
AAAh, esse domingo confuso.
Domingo é filosofia. Apoooosto que as maiores teorias de Platão foram feitas no domingo. Bill Gates total transformou a MSDOS em Windows sabe em que dia? DOMIIIIIIINGO!
QUEEN com certeza escreveu Bohemian Rhapsody no domingo! McFly NÃO escreveu the heart never lies no domingo, ao invés disso deixou pra escrever Tranny! Jammie fumou um beck e pensou em skins vendo o pôr do sol de domingo.
AAAAH, FODA-SE!! MEUS PAIS F.... NUM DOMINGO, 9 MESES DEPOIS EU NASCI [hum] . HAhaHAHAHHAHA
Enfim, domingo é um dia chato pa caraleo, tanto que as pessoas são obrigadas a fazer algo que preste, tanto que eu to aqui escrevendo no blog \o/! E enrrolei tanto, mas taaaaaaaaaanto, só pra dizer que domingo é o dia que eu mais sinto falta de vcs, N e R. Porque vcs são as unicas que conseguem fazer do tédio algo tão agradavel que chega q ser foda.
Com vcs, o domingo vira quarta feira em semana que quinta é feriado e sexta enforca, se é que vcs entendem o que eu quero dizer! ahuuhauhauhauhahuahu
EU AMO VCS, TO EMO E REZANDO PRA QUE UM MES PASSE RAPIDO!
=DDDDDDDDDDDDDDDDD
E essa enrrolação toda pra essa merda de post, eu sei!

sexta-feira, 19 de junho de 2009

What time is it? (8)

It's finally friday, e isso significa que não tenho mais que estudar pra prova, e nem levantar todos os dias às 4h nesse outono bizarramente gélido que está fazendo por aqui, porque as férias acabaram de começar... e com elas, milhões de coisas que eu quero fazer em pouco tempo, já que, como tudo que é bom dura pouco, as férias vão passar voando, e o estágio vai começar, e toda aquela rotina de levantar cedo, estudar, ir pro curso de informática, enfim, tudo vai voltar ao mesmo tempo.
Parece que eu estou fazendo aquela típica lista mental de realizações de ano novo, sabe? Emagrecer, acordar mais cedo e ir caminhar, me dedicar ao violão, parar de beber refrigerante, me divertir mais e reclamar menos, enfim. Só que eu sei bem que existe uma grande possibilidade de que eu não faça metade disso, e as férias vão acabar e eu vou me arrepender de ter ficado na mesma situação vegetativa de sempre. Ou não, já que eu realmente me animei mais nesse semestre, mesmo com tudo o que mudou... ou fui eu que mudei, e não me toquei disso, enfim, não sei.

Vou sentir falta de várias coisas da faculdade, e da convivência com as minhas queridas bitchs, J e M, e as nossas bobeiras de sempre... mas julho promete, e eu realmente espero que ele seja tão bom quanto imagino.


Então, de volta ao meu pote de sorvete que já deve ter virado sopa, e às minhas cobertas, vou me despedindo.

R e S, amo vocês.

xx





domingo, 14 de junho de 2009

Minha primeira vez

Ah, enfim não sou mais um virgem! De postagens aqui no 306 miles, tá lôôôko nenééém.
Hoje tá frio pra caralha, e por isso eu passei o dia todo em casa, comendo, na frente do pc, fazendo downloads (realmente N, o album novo do Green Day é PÉROLA), twittando sem ser respondida (yeah, mike bayley is not fake, I believe now :D), lendo fics,vendo Across The Universe, salvando fotos sedussäo rs..
Não é so por conta da minha idolatria pela Blink 182, nem pela beleza de Mark Hoppus nessa foto
e sim por eu ter achado muitíssimo digno ele participar dessa campanha, NO H8. É uma campanha a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo, o tipo de mobilização que só americanos muito descolados e pessoas não necessariamente tão descoladas assim do resto do mundo participam. Eu hei de participar, não só porque eu achei a foto legal, rs, mas porque eu sou uma pessoa não tão descolada assim que acredita que o amor não escolhe gênero, e que as pessoas não deveriam ter medo, ou que se comedir pra demonstrar seu amor. Acho tão hipocrita que casais heteressexuais possam se unir perante a justiça, Deus e a família e outros casais não possam que chega a me dar raiva. Portanto, palmas pra iniciativa, we believe in.
E então foi. Sabe, eu tava com medo, e muito nervosa, mas depois da dorzinha inicial, até que isso aqui é..gostoso, rs.

sábado, 13 de junho de 2009

Festa de inauguração


Rá, vai de verdana que é estyle. Ok, bem!


Como a ideia do blog foi minha, nada mais justo que eu, Soraya, faça o primeiro post!\o/

Tentarei resumir um pouco de como estamos nesse momento , falar da ideia do blog e tudo mais.

Somos 3 amigas: Natalia, Raíssa e Soraya. Há um pouco de mais um ano, Natalia resolve ir morar em atibaia, SP e abandona eu e raíssa nessa terra de ninguem(niterói, RJ). Ela resolve fazer faculdade de hotelaria, curso de informatica e auto escola. Mas ela descobriu que em atibaia faz muito frio e como disse 'em suas proprias palavras': Tá na vala. Bem feito naty, isso que dá abandonar as amigas ! Mas ok, a gente perdoa!

Raíssa tava até a pouco tempo atraz enchendo o saco dos outros pedindo dinheiro(telemarketing) mas viu que pedir dinheiro não da futuro e resolveu se demitir(ou ser mandada embora?). Agora ela, assim como eu tá na vida boêmia. Faz faculdade de manhã de artes plasticas, dorme de tarde e come e entra na internet de noite.

E eu, como já dito acima, tô na vida boa por enquanto. Fazia faculdade de comunicação social, mas as as leskisses daquela turma é demais pra eu acompanhar. To de brinks. Vi que isso nao dava futuro e resolvi largar. Pretendo fazer Sistema da informação(informatica) no meio do ano. Mas por enquanto, acordo, vo pra academia, do em cima dos cats(MENTIRAAAAAAA!), e fico resolvendo coisas aleatorias pra familia, porque, como toda boa familia, a noticia que eu estou desempregada e "desestudada" se espalha rapidamente. hahahahahaha


Depois de um D.R. tenso hoje de tarde sobre como as coisas mudam quando se está à 494 km away (ou 306 milhas, ideia do blog), tivemos a brilhante ideia de criar esse blog para, mais que tudo, nos atualizar sobre nós mesmas. Então teremos muitos posts sobre como eu to de saco cheio de ir na marisa trocar ropa pra minha mae, ou como natalia se fudeu na prova de contabilidade, ou então como raissa ta puta porque o dougie nao responde ela no twitter.

Mas como boas amigas que somos, nos daremos apoio total e não zuaremos nunca umas as outras. :))))


Acho que pro primeiro post é isso! Até a proxima galére! Amo vcs!